Exportação de cafés diferenciados cresce 11,6%

0
117

As exportações dos cafés brasileiros diferenciados geraram US$ 1,04 bilhão de receita cambial, com um volume equivalente a 5,43 milhões de sacas vendidas no período de julho de 2017 a junho de 2018. Esse volume foi 11,6% superior ao exportado nos 12 meses anteriores, quando atingiu 4,87 milhões de sacas de 60 kg.

Em 2018, de janeiro a junho, foram exportadas 2,47 milhões de sacas desse tipo de café, volume que representa crescimento de 13,7% em relação ao primeiro semestre de 2017, quando foram exportadas 2,17 milhões de sacas. Cafés diferenciados são considerados os que têm qualidade superior ou algum tipo de certificado de práticas sustentáveis.

Quer importar e exportar? Entre em contato com o Grupo Serpa

No ano-safra 2017/2018, que compreende o período de julho de 2017 a junho de 2018, os cafés diferenciados embarcados obtiveram preço médio de US$ 191,77 para cada saca de 60 kg, valor 27,9% maior do que o preço médio dos cafés ‘naturais/médios’, que foi de US$ 149,99. Portanto, os diferenciados foram exportados com preço médio adicional de US$ 41,78/saca. Assim, a receita cambial e o volume exportado dos cafés diferenciados corresponderam a 21,4% e 17,9%, respectivamente, do total de exportações dos cafés do Brasil, que atingiram US$ 4,25 bilhões e 30,29 milhões de sacas no ano-safra.

Estes dados e análises, entre vários outros da performance do mercado internacional do café, de interesse do setor como um todo, constam do Relatório mensal junho 2018, do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé, o qual está disponível na íntegra no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

De acordo com o Cecafé, os seis principais importadores dos cafés diferenciados do Brasil, nesse mesmo período, foram: Estados, em primeiro lugar, com 1.324.165 sacas de 60 kg ou 24,4% da exportação brasileira; Alemanha, em segundo, com 723.254 sacas – 13,3% das exportações; e Bélgica, em terceiro – 635.671 sacas (11,7%).

Fonte: Embrapa.

Veja também: Petróleo sobe com problemas na exportação saudita

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × quatro =